Cineasta é atropelado em Atenas

O cineasta grego Theo Angelopoulos, conhecido por seus filmes de andamento lento, com planos de longa duração que exigiam cuidadosa blocagem de cena, morreu ontem após ser atropelado por uma moto pilotada por um policial fora do horário de serviço. Ele tinha 76 anos e trabalhava em seu próximo filme, The Other Sea.

ATENAS, O Estado de S.Paulo

25 de janeiro de 2012 | 03h02

O artista atravessava uma estrada perto do principal porto da capital grega, nas proximidades do set de filmagem, quando foi atingido pelo veículo. Ele morreu em um hospital, em consequência de graves ferimentos na cabeça. O piloto da moto também se feriu e foi hospitalizado.

Em mais de 40 anos de carreira - seu primeiro curta-metragem data de 1968, quando a Grécia estava sob uma ditadura -, Angelopoulos ganhou mais de 20 prêmios internacionais, a maioria deles em festivais europeus. Um dos reconhecimentos mais importantes foi o Grande Prêmio do Júri do Festival de Cannes pelo filme Um Olhar a Cada Dia (1995), estrelado pelo norte-americano Harvey Keitel. / AP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.