Cinzas de vulcão chileno cancelam voos do Brasil para A. do Sul

As companhias aéreas TAM e Gol tinham suas operações na América do Sul afetadas nesta terça-feira, com cancelamento de voos, depois que um complexo vulcânico no sul do Chile entrou em erupção, desprendendo uma alta coluna de rochas e cinzas que está sendo empurrada pelo vento para o nordeste do continente.

REUTERS

07 Junho 2011 | 11h29

A TAM cancelou na véspera quatro voos noturnos que sairiam de São Paulo e Rio de Janeiro com destino a Buenos Aires e Montevidéu. Nesta terça-feira, a companhia estava avaliando a situação, mas pela manhã tinha cancelado outros quatro voos que sairiam de Buenos Aires e Montevidéu com destino a São Paulo e Rio de Janeiro.

A Gol confirmou que suas operações estavam sendo afetadas pelas cinzas, mas não pode informar detalhes imediatamente. A Avianca não pode informar de imediato se estava sendo afetada pelo fenômeno.

Segundo a empresa que administra os aeroportos brasileiros, Infraero, do total de 56 voos internacionais programados para até as 10h desta terça-feira, 18 tinham sido cancelados, um percentual de 32,1 por cento. A Gol tinha cancelado cinco voos e a TAM outros quatro.

O complexo vulcânico Puyehue-Cordón Caulle, no sul do Chile, expeliu lava e provocou a movimentação de pedras atrapalhando a travessia de estradas na região da fronteira entre Argentina e Chile. Alguns trechos estavam interrompidos pelo acúmulo de cinzas. A nuvem vulcânica chegou à capital Buenos Aires nesta terça-feira, e afetou as operações no aeroporto internacional de Ezeiza, nos arredores da capital, o que gerou cancelamento de voos desde a noite de segunda-feira.

Segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), apesar da situação causada pelo vulcão, os passageiros afetados podem pedir reembolso e assistência das companhias aéreas enquanto estiverem impedidos de viajar.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

Mais conteúdo sobre:
AEREAS TAM VULCAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.