Círio de Nazaré reúne 2,1 milhões de devotos em Belém

Desde às 6h30 deste domingo, 13, devotos lotaram as ruas de Belém para a romaria do Círio de Nazaré. Foram aproximadamente 2,1 milhões de devotos em procissão acompanhando a imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré por 3,6 quilômetros. Pagando promessas, fazendo pedidos ou agradecendo, os fiéis, por mais um ano, fizeram um Círio emocionante, que terminou às 12h30, meia hora depois do previsto.

GABRIELA AZEVEDO, Agência Estado

13 Outubro 2013 | 19h32

Para conduzir a berlinda que leva a imagem da Catedral da capital do Pará até a Basílica Santuário de Nazaré, foram 7.200 "promesseiros". Eles ficam distribuídos em cinco estruturas de ferro atreladas à corda que puxa a Virgem durante o trajeto. "É muito sacrificante, mas é ainda mais gratificante. Venho na corda há mais de dez anos. A gente sente o amor de Deus, o amor de Maria, é uma honra levar a Mãe na procissão, não tenho palavras para descrever", afirma Rubens Santos, "promesseiro" da corda.

As homenagens à santa de Nazaré ocorrem por todo o percurso. Fogos e apresentações musicais emocionaram quem acompanhou a romaria. Muitos romeiros percorreram descalços o caminho, outros de joelhos e milhares carregaram objetos que simbolizavam bênçãos alcançadas. "Sou de Santarém (PA) e é a primeira vez que acompanho a procissão inteira, vim descalça assim como faço no Círio de Nossa Senhora da Conceição, na minha cidade. É maravilhoso estar aqui, me sinto privilegiada", afirma Raimunda Silva, devota de 64 anos.

Por volta das 10 horas, a berlinda já havia percorrido mais da metade do trajeto. Os momentos mais difíceis para os romeiros são as curvas das avenidas, onde a multidão se aperta para que a imagem continue caminhando. Após a grande procissão, a imagem da Virgem fica exposta no altar da Praça Santuário para a visitação dos devotos por 15 dias.

De acordo com as pesquisas do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) do Pará, o número de turistas na capital paraense durante o período do Círio chegou a 80 mil, a maioria deles brasileiros. Desde a sexta-feira, 11, a programação da festividade se intensificou com as romarias. "Vir e participar de tantos momentos no Círio é a cada ano mais emocionante. Fico feliz de conseguir vir a Belém nessa época", declara a devota paraense Rebeca Nunes, que mora São Paulo.

Mais conteúdo sobre:
Círio de Nazaré Pará

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.