Cirurgião aposentado volta à ativa para operar gorila

Fêmea de 22 anos foi operada para retirar glândulas na tireóide

Da BBC Brasil, BBC

07 Novembro 2008 | 09h36

Um cirurgião britânico aposentado, que passou 30 anos operando humanos, voltou à ativa para ajudar a salvar a vida de um gorila, em um zoológico na Grã-Bretanha. O endocrinologista Richard Collins ajudou a equipe de cirurgiões a remover duas glândulas paratireóides do gorila Tambabi, uma fêmea de 22 anos. O animal havia sofrido grande perda de peso por causa da doença. Tambabi faz parte do grupo de 71 gorilas que habita no Parque dos Animais Selvagens de Howletts. O animal ficou anestesiado o dobro do tempo da operação, que teve duração de uma hora. "Eu já realizei várias operações deste tipo, mas acho que foi um privilégio ter sido requisitado para auxiliar na cirurgia", disse Collins, que se aposentou recentemente de um hospital ao sul de Londres. "Os macacos não são altos, mas são largos e fortes. Uma vez anestesiados, no entanto, o desafio fica bem menor", disse ele. "O pescoço dela é bem parecido com o de um humano, apesar de ter algumas diferenças". O cirurgião disse que Tambabi passa bem. "Eu dei algumas bananas a ela pela jaula e ela ficou bastante contente", disse o médico.   BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Mais conteúdo sobre:
cirurgiagorilagrã-bretanha

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.