Citigroup vê alta de 3% no PIB dos EUA

A melhora contínua no mercado acionário e também no mercado de crédito nos EUA sinaliza que os ganhos da atividade econômica podem se tornar autossustentados quando retirados os estímulos das políticas monetária e fiscal no país, avalia o diretor-gerente e economista-chefe do Citigroup, Robert DiClemente. Essa perspectiva também conta com as indicações de que a construção de moradias, produção industrial e até os gastos dos consumidores estão mostrando avanço. A expectativa do analista é de crescimento do PIB americano entre 2,5% e 3% tanto no terceiro trimestre quanto no último trimestre do ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.