Claro pede registro de companhia aberta na CVM

A Claro Telecom Participações pediu o registro de companhia aberta informou nesta quinta-feira a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) em seu webiste.

REUTERS

07 Agosto 2014 | 15h11

O pedido acontece após a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) ter aprovado na quinta-feira passada a unificação das operações de Claro, Embratel e Net todas do grupo América Móvil, do bilionário mexicano Carlos Slim, com a condição de que a Claro, que vai incorporar as outras outras duas, abra seu capital no Brasil.

No dia seguinte, a Embratel e a Net disseram que esperam concluir sua consolidação numa única sociedade até o fim de 2014. As companhias do bilionário mexicano Carlos Slim também afirmaram que não há planos de ter a Claro e a Telmex Solutions como companhias abertas ao fim da operação.

(Por Aluísio Alves)

Mais conteúdo sobre:
TELECOMCLAROCIAABERTA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.