Clima quente entre aliados de Teixeira

A 12 dias das eleições, voltou a azedar a relação entre dois fortes aliados de Marcelo Teixeira, que tenta o sexto mandato de presidente do Santos. Na sexta-feira, o presidente do Conselho Deliberativo, José da Costa Teixeira, deu nova demonstração de que não concorda com os poderes especiais do técnico Luxemburgo. Fala até em sair da direção do futebol em 2010.

SANTOS, O Estadao de S.Paulo

24 de novembro de 2009 | 00h00

O dirigente negou que a diretoria tenha recebido megaprojeto do treinador e aproveitou para dizer que ele é só um empregado. "Postura equivocada da parte dele, mas a gente respeita. Ele sabe as funções de um empregado, e uma das minhas é montar o projeto", retrucou o técnico.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.