Clima segue tenso após operação em favela do Rio

A situação ainda era tensa na Favela Vila Cruzeiro, na Penha, zona norte do Rio, na manhã de hoje. De acordo com informações de policiais militares, houve confrontos isolados com traficantes à noite e pouco antes das 8 da manhã. Desde as 9 horas, vários policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) concentravam-se na Avenida Nossa Senhora da Penha, principal via de acesso à favela. O trafego foi interditado para ônibus no local e o comércio, parcialmente fechado. As aulas no Centro Integrado de Educação Pública (Ciep) Gregório Bezerra, localizado fora da favela, foram suspensas por falta de alunos. Ontem, nove supostos traficantes morreram, sete ficaram feridos e 14 foram presos, no início da ocupação da favela pelo Bope.

PEDRO DANTAS, Agencia Estado

16 de abril de 2008 | 10h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.