CME Group compra 1,9% da Bolsa Mexicana

O CME Group vai pagar US$ 17 milhões para comprar uma fatia de 1,9% na Bolsa Mexicana de Valores (BMV), que opera as principais bolsas de ações e derivativos do México. O acordo faz parte de uma aliança planejada que intensifica a presença do CME em mercados emergentes. As companhias pretendem expandir o pacto para ligar ordens entre os dois mercados. Os contratos provenientes da Bolsa Mexicana de Derivativos (MexDer), que é controlada pela BMV, passarão a fazer parte da plataforma Globex, do CME, em 2011.

DOW JONES NEWSWIRES, O Estadao de S.Paulo

09 de março de 2010 | 00h00

O CME na América Latina também está criando uma nova plataforma de negociação eletrônica para ações, futuros e opções com a BM&FBovespa. A MexDer aparece entre as 30 maiores plataformas de derivativos do mundo em volume, com um foco em contratos de renda fixa, moedas e ações.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.