Colegas de vítima de meningite na Bahia recebem profilaxia

Menina de 11 anos, aluna da Escola Nossa Senhora das Graças, em Salvador, morreu por causa da doença neste último final de semana

Tiago Décimo, SALVADOR

18 Outubro 2011 | 15h06

Um grupo de 40 pessoas, entre alunos, professores e funcionários da Escola Nossa Senhora das Graças, no bairro de São Gonçalo do Retiro, em Salvador (BA), recebeu, na manhã desta terça, 18, profilaxia contra a meningite C. No final de semana, uma menina de 11 anos, estudante da instituição, morreu por causa da doença.

 

Neste último domingo, 25 familiares da criança, além de dez funcionários do Hospital Roberto Santos, onde ela foi atendida, também receberam os antibióticos para evitar a doença.

A Secretaria Municipal de Saúde ainda estuda aplicar o medicamento em integrantes de outros grupos sociais frequentados pela menina, entre eles os da igreja visitada por ela na última sexta-feira, no bairro do Cabula, onde morava.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.