Colégio dos anos 50 vai fechar no centro de SP

Fundado em 1953 e referência do ensino básico na região central da capital, o Colégio Nossa Senhora de Loreto, em Campos Elísios, anunciou que vai fechar em 2009. De acordo com uma porta-voz das religiosas que respondem pela entidade católica mantenedora, a Sagrada Família de Bordeaux, o fechamento levou em conta, sobretudo, a alta inadimplência dos pais. A escola tinha mensalidade em torno de R$ 300, atendia principalmente a moradores do entorno, muitos deles com bolsas de estudo, e tinha cerca de 300 alunos do ensino fundamental matriculados. A porta-voz das religiosas, que pediu anonimato, disse que a decisão é ?irreversível? e que a entidade honrará encargos trabalhistas dos funcionários dispensados. Não foi divulgado o número de docentes. O colégio fica em um casarão que está em processo de tombamento, em frente ao antigo Palácio do Governo, imóvel tombado que passa por restauro. Para os moradores, manter a escola funcionando é essencial para revitalizar o bairro e evitar maior degradação. A região é chamada agora de ?nova cracolândia?. ?É muito prejudicial para o bairro o fechamento de uma escola tradicional como essa. É melhor ter escola do que morador de rua?, diz Dinah Piotrowski, presidente da Associação de Moradores e Comerciantes de Campos Elísios, citando crimes que estão virando rotina na área. As informações são do Jornal da Tarde.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.