Colégio dos anos 50 vai fechar no centro de SP

Fundado em 1953 e referência do ensino básico na região central da capital, o Colégio Nossa Senhora de Loreto, em Campos Elísios, anunciou que vai fechar em 2009. De acordo com uma porta-voz das religiosas que respondem pela entidade católica mantenedora, a Sagrada Família de Bordeaux, o fechamento levou em conta, sobretudo, a alta inadimplência dos pais. A escola tinha mensalidade em torno de R$ 300, atendia principalmente a moradores do entorno, muitos deles com bolsas de estudo, e tinha cerca de 300 alunos do ensino fundamental matriculados. A porta-voz das religiosas, que pediu anonimato, disse que a decisão é ?irreversível? e que a entidade honrará encargos trabalhistas dos funcionários dispensados. Não foi divulgado o número de docentes.O colégio fica em um casarão que está em processo de tombamento, em frente ao antigo Palácio do Governo, imóvel tombado que passa por restauro. Para os moradores, manter a escola funcionando é essencial para revitalizar o bairro e evitar maior degradação. A região é chamada agora de ?nova cracolândia?. ?É muito prejudicial para o bairro o fechamento de uma escola tradicional como essa. É melhor ter escola do que morador de rua?, diz Dinah Piotrowski, presidente da Associação de Moradores e Comerciantes de Campos Elísios, citando crimes que estão virando rotina na área. As informações são do Jornal da Tarde.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.