Colisão de trânsito mata 4 e fere 1 em Santo André

Uma colisão entre um micro-ônibus e um veículo de passeio em Santo André, na Grande São Paulo, deixou quatro mortos - entre eles uma garota de 17 anos, grávida de 5 meses, e seu irmão, de 13 anos - e uma pessoa ferida na noite de ontem.

BRUNO LUPION E RICARDO VALOTA, Agência Estado

14 de abril de 2011 | 06h49

O Celta vermelho das vítimas trafegava pela Rua Giovanni Batista Pirelli, sentido centro, e se chocou com violência na lateral de um micro-ônibus da Viação Santo André, no cruzamento com a Avenida Capuava, no bairro Homero Thon.

O veículo de passeio estava em alta velocidade, não conseguiu frear e derrapou por cerca de 30 metros até bater no coletivo. Uma testemunha afirmou à polícia que o Celta teria ultrapassado o farol vermelho.

O motorista do Celta, Gustavo Alberto Pereira da Silva, de 20 anos, morreu no local. Denise das Neves Maia, de 17, grávida de cinco meses, estava no banco do passageiro e morreu na Santa Casa de Santo André, assim como seu irmão Dener Jordão Maia de Freitas, de 13 anos, que vinha no banco de trás. Outra jovem, ainda não identificada, de cerca de 20 anos, também morreu. A única sobrevivente é a terceira garota do grupo. Ela está grávida de 1 mês e continua internada em estado grave no Complexo Hospitalar da cidade.

O carro ficou destruído e, para socorrer as vítimas, o Corpo de Bombeiros teve que cortar a lataria do teto do veículo. O micro-ônibus ia para a garagem e era ocupado apenas pelo motorista, que sofreu escoriações. O caso foi registrado no 1º Distrito Policial de Santo André.

Mais conteúdo sobre:
acidentemortosSanto André

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.