Colômbia rejeita aumentar royalties de mineração, diz ministro

O ministro de Energia colombiano, Mauricio Cárdenas, disse nesta quarta-feira se opor a um projeto de lei tramitando no Congresso que visa aumentar os royalties pagos por empresas de energia e mineração.

REUTERS

12 de outubro de 2011 | 15h17

Ele afirmou que este não é o momento certo, dadas as questões com que os dois setores estão lidando.

Cárdenas também disse à Reuters em entrevista ter a expectativa de que a produção de petróleo da Colômbia atinja 1,1 milhão de barris por dia ao final de 2012, em comparação com o atual um milhão de barris diários.

Ele declarou que a produção de carvão deste ano será semelhante ao volume de 74,3 milhões de toneladas de 2010.

(Reporting by Jack Kimball)

Mais conteúdo sobre:
COLOMBIAROYALTIESREJEICAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.