Com Carla Bruni prestes a dar à luz, Sarkozy viaja para Alemanha

Acredita-se que a primeira-dama francesa, Carla Bruni, esteja perto de dar à luz o seu primeiro filho com o presidente Nicolas Sarkozy, que seria o primeiro bebê nascido de um casal presidencial francês no poder.

REUTERS

19 Outubro 2011 | 16h26

Sarkozy chegou na tarde de quarta-feira à clínica de La Muette, em Paris, onde Bruni havia dado entrada mais cedo, e saiu meia hora depois.

Ele deve viajar para Frankfurt ainda na quarta-feira para uma reunião com a chanceler alemã, Angela Merkel, e com outros chefes europeus sobre a crise da dívida na zona do euro.

O jornal Le Figaro citou uma fonte médica em seu site dizendo que Bruni estava em trabalho de parto e que o bebê é uma menina.

Nem o palácio Elysée nem a clínica comentaram a informação.

A França aguarda há semanas o nascimento. Dezenas de alarmes falsos circularam nos últimos dias dizendo que o bebê havia nascido.

O nascimento poderá dar um reforço positivo à imagem de Sarkozy a seis meses da eleição presidencial na qual ele corre o risco de perder para o socialista François Hollande.

O acontecimento também ocorre em uma das semanas mais cruciais da presidência de Sarkozy, quando ele tenta desenvolver um plano com a Alemanha para resolver a crise da dívida da zona do euro antes de um prazo auto-imposto no domingo.

A publicidade em torno do filho do casal Sarkozy e Bruni também é uma novidade na França, onde a vida privada do chefe de Estado normalmente permanece distante dos olhares públicos.

Muitos na França acreditam que a corte que Sarkozy fez à cantora e compositora Bruni ocorreu muito rápido depois do divórcio de sua segunda mulher, Cecilia.

A imagem dele nas próximas semanas e meses será crucial enquanto ele tenta ganhar de voltar um eleitorado cansado de crise econômica e desiludido com uma forma de liderança considerada por muitos como impulsiva, apesar de seu papel em questões internacionais como a crise na Líbia.

Sarkozy tem três filhos de dois casamentos anteriores. Já Bruni te um filho de um relacionamento anterior.

(Reportagem de Morade Azzouz)

Mais conteúdo sobre:
FRANCACARLABRUNI*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.