Começa julgamento de Mizael Bispo de Souza

Começou na manhã desta segunda-feira o julgamento de Mizael Bispo de Souza, 43 anos. Como se declarou um dos advogados do caso, ele está de terno e gravata ao lado de outros defensores, e não com o uniforme de presidiário, no banco dos réus. Como seu próprio defensor, Mizael poderá intervir e fazer perguntas no decorrer do júri. Acusado de matar Mércia Nakashima em 2010, Mizael chegou por volta das 8h20 minutos, no fórum criminal de Guarulhos (SP).

AE, Agência Estado

11 de março de 2013 | 10h38

Do lado de fora do fórum, dois grupos protestavam, um contra e outro a favor de Mizael Bispo, por volta das 9 horas e 30 minutos. Cerca de 20 mulheres de da organização "Marcha Mundial das Mulheres", traziam camisetas com a mensagem: "O feminismo nunca matou ninguém, o machismo mata todo dia".

Do outro lado, a pintora automobilística Cármen Lúcia Ferreira, de 42 anos, foi ao fórum nesta manhã para prestar sua solidariedade a Mizael. "Conheço Mizael e a família dele há 18 anos. Jamais ele faria isso, porque amava a mulher", disse. Mais cedo, o advogado de Mizael Bispo, Samir Haddad Júnior, disse que seu cliente "está tranquilo e confiante".

Tudo o que sabemos sobre:
Caso MérciaJulgamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.