Comissão do pré-sal define na 2a proposta que será levada a Lula

A comissão interministerial que estuda mudanças regulatórias no setor de petróleo se reúne na segunda-feira, em Brasília, para finalizar as propostas que serão entregues ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva. "Vamos procurar consenso na reunião de segunda-feira, temos cinco propostas prontas, redigidas", limitou-se a informar o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, após receber homenagem na Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro. Lobão explicou que somente depois das mudanças na Lei do Petróleo será possível marcar a retomada da 8a rodada de licitações de blocos do governo federal, realizada em 2006 mas suspensa pela Justiça. Apesar da cassação da liminar que impediu a licitação, a realização da 8a rodada esbarrou na descoberta de reservatórios gigantes de petróleo e gás natural nas áreas do pré-sal na costa brasileira. Por contar com blocos perto do pré-sal, os investidores que compraram blocos antes da suspensão e os interessados nos demais blocos terão que esperar o novo marco, segundo o ministro. "O que já foi concedido, foi concedido, o que não foi faremos leilões de acordo com o novo marco regulatório", explicou. Os blocos da 8a rodada que foram vendidos terão seus contratos respeitados, afirmou o ministro. (Por Denise Luna)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.