Comitê esperançoso. E atento aos entraves

Às portas de 2010, o Comitê Organizador da Copa da África do Sul demonstra otimismo. "Trabalhamos duro durante cinco anos", declarou ontem o diretor executivo Danny Jordaan. "Este é o nosso momento: 2010 é o ano em que, como nação, abriremos nossas portas, corações e espíritos esportivos ao mundo." Dois aspectos, contudo, ainda preocupam: segurança e transporte. "O governo sul-africano está tomando todas as providências necessárias", garantiu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.