Comitiva do Vaticano visita locais no Rio

Depois de visitar Aparecida (SP), na manhã desta quarta-feira, 24, a comitiva do Vaticano responsável pelas viagens internacionais do papa voltou para o Rio e seguiu para a residência oficial da Arquidiocese, no Sumaré, onde o papa Francisco deverá ficar hospedado durante a Jornada Mundial da Juventude, de 23 a 28 de julho. O local está em reformas para receber o pontífice.

LUCIANA NUNES LEAL, Agência Estado

24 de abril de 2013 | 19h10

A terceira parada da comitiva nesta quarta foi o hospital da Ordem Terceira da Penitência de São Francisco, na Usina (zona norte), onde o papa Francisco deverá visitar um centro de tratamento de dependentes de drogas. A comitiva fez de carro o trajeto entre o Sumaré e o hospital, passando pela Floresta da Tijuca, escoltada por quatro motocicletas do Batalhão de Choque da Polícia Militar.

O chefe do departamento de viagens internacionais do papa, Alberto Gasbarri, e seus colaboradores, além de representantes da Arquidiocese do Rio, foram recebidos pela direção do hospital, por um grupo de freiras e por músicos e palhaços que trabalham como voluntários com os pacientes. Também foi celebrada uma missa no hospital. Na terça-feira a comitiva fez uma vistoria na base aérea do Galeão e visitou o hotel que receberá jornalistas estrangeiros durante a Jornada, na praia de Copacabana.

Tudo o que sabemos sobre:
Papavisitavistoria

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.