Como minimizar os fatores de risco

Comida: dê preferência para alimentos orgânicos, produzidos sem fertilizantes, pesticidas ou hormônios de crescimento. Na medida do possível, evite produtos industrializados, com muitos aditivos químicos.

, O Estado de S.Paulo

15 de maio de 2010 | 00h00

Água: filtros de carvão ativado podem eliminar alguns contaminantes, mas devem ser trocados com frequência. Armazene em recipientes de vidro ou aço inoxidável. Plásticos podem liberar substâncias tóxicas.

Micro-ondas: ao esquentar alimentos no micro-ondas, prefira recipientes de cerâmica ou vidro. Evite o plástico.

Trabalho: pessoas expostas a produtos químicos no trabalho devem remover os sapatos ao entrar em casa e lavar o uniforme separadamente.

Crianças: prefira mamadeiras de vidro, evite alimentos industrializados e produtos que apresentem no rótulo desreguladores hormonais, como bisfenol A, ftalatos, alquifenóis, cádmio, estirenos, chumbo, mercúrio e benzeno, entre outros.

Celulares: em alguns países, o uso por crianças menores de 6 anos é contraindicado. Evite conversas muito longas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.