Como sobreviver a seu bebê

?Paidecendo no Paraíso?, que estréia em agosto no GNT, mostra a vida dura de um pai recém-nascido

Keila Jimenez, O Estado de S.Paulo

21 Julho 2007 | 04h24

Suas peladas com os amigos serão trocadas por noites em claro. O jogo de futebol na TV, interrompido por choros estridentes e fraldas sujas. Sexo com a sua mulher? Quem sabe um dia... É assim, com esse olhar "otimista" da paternidade que o casseta Hélio de La Peña encara, e quer ensinar aos marmanjos de plantão, a maratona de ser pai. Não satisfeito em ter seus sábios e hilários ensinamentos sobre o tema publicados, o humorista levou-os para a TV. A nada cor-de-rosa vida de um grávido é o tema de Paidecendo no Paraíso, série de quatro episódios, que estréia dia 9 no canal pago GNT. Baseada no Livro do Papai, de Hélio, retrata, com muito humor, a figura do pai de primeira viagem vivido por Ernesto Piccolo, e sua mulher Maristela (Sylvia Buarque). Idas ao ginecologista, sexo na gravidez, aniversário de criança, não faltam temas para esse "suco concentrado de desespero", como o próprio casseta - que tem três filhos - define. Escracho do bom em homenagem ao mês do pais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.