Cônego Domênico tem 22 km de congestionamento

O trânsito segue congestionado na manhã desta quarta-feira (20), no sentido Guarujá - São Paulo pela rodovia Cônego Domênico Rangoni, do km 270 ao 248 e entre o km 1 e 5 da SP 248, na Baixada Santista. As informações são da concessionária Ecovias, que administra as rodovias.

RICARDO CARVALHO, Agência Estado

20 de março de 2013 | 10h09

A lentidão nesses trechos tem sido recorrente desde meados de fevereiro, com o início da safra recorde de grãos, que aumentou a quantidade de veículos pesados que acessam a margem esquerda do Porto de Santos, onde estão localizados cinco terminais de grãos. A única rua que dá acesso à margem esquerda do porto não comporta a grande quantidade de veículos pesados, o que traz reflexos para as estradas.

De acordo com a Ecovias, os caminhões ocupam a faixa da direita e o acostamento da Cônego Domênico, deixando apenas uma faixa livre para os veículos de passeio.

Alternativa para quem quer chegar ao Guarujá, a balsa operada pela Dersa também está tumultuada. De acordo com a Dersa, a fila de espera no ponto de embarque em Santos é de 70 minutos. No momento, oito balsas estão em operação.

Perdas

Os prejuízos causados pelo excesso de caminhões na pista são estimados pela Sindicato das Agências de Navegação Marítima do Estado de São Paulo (Sindamar). A entidade calcula perdas de receita líquida, até o momento, de pelo menos R$ 115 milhões com o atraso dos carregamentos.

Segundo o Sindamar, os navios de 60 mil toneladas estão levando em média três dias e meio para serem carregados. O período era, de acordo com o sindicato, de dois dias.

Tudo o que sabemos sobre:
estradassafracongestionamentoSantos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.