Confiança da construção cai 6,8% no trimestre até abril--FGV

O Índice de Confiança da Construção (ICST) apresentou piora em abril ao cair 6,8 por cento no trimestre encerrado no mês passado na comparação com um ano antes, encerrando seis meses de melhora, de acordo com a Sondagem Conjuntural da Construção divulgada pela Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta segunda-feira. No trimestre até março, o índice havia recuado 6,6 por cento.

REUTERS

07 Maio 2012 | 08h27

O índice médio dos três meses até abril ficou em 127,9 pontos, contra 137,2 pontos no mesmo período do ano anterior. No trimestre encerrado em março, o Índice de Confiança da Construção havia ficado em 129,9 pontos.

Os destaques negativos no trimestre findo em abril foram os segmentos Preparação de Terreno, com variação negativa de 4,6 por cento em abril, contra -0,9 por cento em março; e Obras de Instalações, com -5,3 por cento em abril ante -4,8 por cento em março.

A FGV destaca que a piora do índice foi influenciada principalmente pelas avaliações do empresariado em relação ao futuro. O Índice de Expectativas (IE-CST) caiu 5,3 por cento, de queda de 4,2 por cento em março.

Já o Índice de Situação Atual (ISA-CST) manteve a tendência de melhora relativa ao registrar variação negativa de 8,6% em abril, ante queda de 9,3 por cento em março.

(Por Camila Moreira)

Mais conteúdo sobre:
MACROCONFIANCACONSTRUCAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.