Confiança da indústria brasileira salta 6% em maio

A confiança da indústria brasileira aumentou 6 por cento em maio sobre abril e está começando a se recuperar para perto de sua média histórica, segundo pesquisa da Fundação Getúlio Vargas (FGV) divulgada nesta sexta-feira.

REUTERS

29 de maio de 2009 | 08h36

O índice passou de 84,5 pontos no mês passado para 89,6 pontos neste, com ajuste sazonal.

"O avanço do índice pelo quinto mês consecutivo confirma a tendência de recuperação gradual do ritmo de atividade industrial após o forte declínio ocorrido ao final do ano passado", afirmou a FGV em nota.

"O índice encontra-se agora, pela primeira vez em 2009, mais próximo de sua média histórica (99,1 pontos) do que do vale alcançado em dezembro de 2008 (74,7 pontos)."

O componente de situação atual subiu 7,6 por cento, para 93,1 pontos, também aproximando-se de sua média histórica, de 99,9 pontos. O de expectativas teve alta de 4,4 por cento, para 86,1 pontos.

A pesquisa apontou ainda que a avaliação da indústria sobre a demanda e o ambiente geral dos negócios melhorou em maio, com o indicador de satisfação com o nível atual de demanda avançando 13,1 por cento, e o de satisfação com a situação dos negócios subindo 12,2 por cento.

A perspectiva para os próximos meses também melhorou e atingiu o maior patamar desde outubro de 2008.

A pesquisa ouviu 1.075 empresas.

(Por Vanessa Stelzer)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROFGVCONFIANCA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.