Confiança da indústria brasileira tem 9a queda seguida

A confiança da indústria brasileira diminui em setembro pelo nono mês seguido, atingindo o menor patamar desde agosto de 2009, enquanto o uso da capacidade instalada do setor ficou estável.

REUTERS

30 de setembro de 2011 | 08h51

A pesquisa da Fundação Getúlio Vargas (FGV) informou nesta sexta-feira queda de 1,6 por cento para o índice de confiança, para 101,1 pontos.

O número está 2,9 pontos abaixo da média do indicador, medida desde 2003.

"A diminuição da confiança em setembro foi influenciada principalmente pela piora das perspectivas em relação aos próximos meses", afirmou a FGV em nota.

O componente de expectativas caiu 2,6 por cento. 99,2 pontos. O de situação atual declinou 0,6 por cento, para o menor nível desde agosto de 2009.

O nível de utilização da capacidade instalada (Nuci) manteve-se em 83,6 por cento em setembro, o menor patamar desde novembro de 2009.

"Com o resultado, a média do terceiro trimestre de 2011 ficou em 83,8 por cento, a menor desde o quarto trimestre de 2009", acrescentou a FGV.

(Reportagem de Vanessa Stelzer)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROFGVINDUSTRIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.