Confiança da indústria em março é a 2a melhor da história--FGV

A confiança da indústria brasileira aumentou em março pelo 14o mês seguido, atingindo o segundo maior patamar da série histórica da sondagem da Fundação Getúlio Vargas, iniciada em abril de 1995, atrás apenas do resultado de novembro de 2007.

REUTERS

31 de março de 2010 | 10h38

O índice subiu 0,6 por cento sobre fevereiro, para 116,5 pontos, com ajuste sazonal, informou a FGV nesta quarta-feira.

"O resultado mostra que o mercado interno segue aquecido, influenciando no retorno do índice aos elevados níveis pré-crise", avaliou a FGV, em nota.

O componente de situação atual passou de 113,4 para 117,3 pontos, o maior desde julho de 2008 e o de expectativas passou de 118,3 para 115,7 pontos.

O nível de utilização da capacidade instalada alcançou 84,3 por cento em março, o maior patamar desde outubro de 2008 (85,1 por cento), quando a crise financeira global se acentuou. Ficou acima da média registrada desde 2003 (83,0 por cento), mas ainda foi inferior à média do biênio 2007-2008 (85,1 por cento).

(Por Paula Laier)

Mais conteúdo sobre:
MACROCONFIANCAINDUSTRIAFGV*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.