Confiança do consumidor brasileiro melhora em maio

A confiança do consumidor brasileiro aumentou em maio, devido a uma melhora na avaliação da situação atual, mostrou uma pesquisa da Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta terça-feira.

REUTERS

25 de maio de 2010 | 08h20

O índice subiu 0,6 por cento sobre abril, para 116,1 pontos, com ajuste sazonal.

"As avaliações sobre o momento continuaram melhorando e as expectativas em relação aos meses seguintes tornaram-se um pouco menos favoráveis", afirmou a FGV em nota.

O componente de situação atual teve alta de 2,3 por cento, para 128,4 pontos em maio, atingindo o maior nível da série histórica pelo segundo mês seguido.

O componente de expectativas, por outro lado, recuou 0,4 por cento, para 109,6 pontos.

"O quesito que mede a satisfação dos consumidores com a situação econômica atual foi o que mais contribuiu para a evolução do índice de confiança no mês", acrescentou a FGV.

O número de consumidores que avalia a situação como boa aumentou para 22,2 por cento em maio, ante 20,3 por cento em abril, o melhor resultado da série.

A pesquisa foi feita com mais de 2 mil domicílios em sete das principais capitais brasileiras entre 3 e 20 de maio.

(Reportagem de Vanessa Stelzer; Edição de Vivian Pereira)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROFGVCONSUMIDOR*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.