Confiança do setor de serviços cai 0,9% em janeiro

O Índice de Confiança de Serviços (ICS) caiu 0,9 por cento em janeiro ante dezembro, devido principalmente a fatores sazonais, mas mostrou alguma melhora quando comparado ao ano anterior, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta segunda-feira.

REUTERS

06 de fevereiro de 2012 | 08h55

Em relação a janeiro de 2011, o índice recuou 1,0 por cento, melhor comparação desde junho do ano passado, quando o ICS avançou 2,4 por cento ante o mesmo mês do ano anterior.

A melhora na comparação anual do ICS ocorreu também nos dois componentes do índice, com destaque para o Índice de Expectativas (IE-S), que registrou alta de 1,5 por cento em janeiro sobre um ano antes. Em dezembro, o IE-S havia recuado 0,5 por cento ano a ano.

Já o Índice da Situação Atual (ISA-S) apurou queda de 4,2 por cento em janeiro ante janeiro de 2011, após baixa de 6,0 por cento em dezembro na comparação anual.

O item que mede o volume de demanda atual foi o que mais pesou para a queda do ISA-S entre janeiro de 2011 e 2012, com recuo de 5,9 por cento, para 97,4 pontos.

Por outro lado, o índice que avalia as expectativas do empresariado quanto ao nível de demanda para os próximos três meses foi o que mais influenciou o aumento do IE-S, registrando alta de 2,4 por cento, para 143,1 pontos.

A proporção das empresas que preveem crescimento da demanda subiu de 47,4 por cento em janeiro de 2011 para 49,2 por cento no mês passado, enquanto a parcela das que esperam queda da demanda passou de 7,7 por cento para 6,1 por cento, na mesma base de comparação.

(Por José de Castro e Natália Cacioli)

Tudo o que sabemos sobre:
CONFIANADOSETORDESERVIOSCAI09EMJANEI*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.