Confirmadas três mortes em decorrência das chuvas no Rio

Mulher de 43 anos morreu afogada em sua própria casa após desmaiar com o rosto voltado para o chão alagado

Clarissa Thomé, do Estadão,

25 de outubro de 2007 | 17h46

Subiu para três o número de mortos por causa das chuvas que atingem o Estado do Rio desde a noite de terça-feira. Márcia Cristina Lacerda, de 43 anos, morreu afogada na própria casa, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Ela sofreu um mal súbito e desmaiou com o rosto voltado para o chão. O imóvel estava alagado. As outras duas mortes ocorreram na quarta-feira. Em todo o Estado, 1.776 pessoas estão desalojadas e a Defesa Civil ainda contava o número de desabrigados.   Túnel Rebouças vai ficar fechado pelo menos até 2ª Chuvas deixam 1.500 desalojados e três mortos Em 12 h, choveu 90% da média de todo o mêsAcompanhe ao vivo a situação do trânsito  Imagens do caos no Rio    Nesta quinta-feira, o pai do menino Juan Ronaldo da Silva Ribeiro, de 9 anos, que morreu depois de cair num bueiro ao ser arrastado pela força das águas , em Mesquita, na Baixada Fluminense, questionou o fato de a prefeitura ter liberado as crianças, já que as ruas estavam alagadas. "Era o meu filho. Por que deixaram as crianças saírem se as ruas estavam cheias?", indagou Rafael Ribeiro.   À tarde, moradores protestaram contra a morte do menino, queimando pneus e sofás na Avenida Governador Celso Peçanha. A prefeitura tentou fechar o bueiro em que Juan Ronaldo caiu, mas os funcionários foram impedidos por moradores do bairro.   Em Mesquita, 500 pessoas ficaram desalojadas. Belford Roxo foi a cidade da Baixada mais afetada, com 800 abrigados em escolas. Em Duque de Caxias, 300 pessoas tiveram de deixar suas casas. A terceira morte registrada foi a do adolescente Rodrigo Sardinha Fagundes, de 17 anos, que foi eletrocutado, na Ilha de Guaratiba, na zona oeste.

Tudo o que sabemos sobre:
Enchentes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.