Confirmados três novos focos de gripe aviária na Malásia

Três novos focos do vírus H5N1 da gripe aviária, o mais perigoso à saúde humana, foram detectados no Estado de Perak, no norte da Malásia, informou o jornal "The Star". Os focos foram descobertos em aves nas regiões de Kampung Changkat Lenggong, de Titi Gantung e de Taman Lapangan Ria, perto do aeroporto da cidade de Ipoh. Segundo a fonte, terá início nesta terça-feira o sacrifício de aves nas três áreas afetadas. Agora, são cinco os focos de gripe aviária detectados nos últimos sete dias na Malásia.A confirmação dos três novos focos da doença no Estado de Perak ocorre apenas um dia depois do anúncio de outro foco, no Estado vizinho de Penang. Em Perak já tinham sido detectados casos do vírus H5N1 este ano.Na segunda-feira, as autoridades da Malásia confirmaram a existência de um foco de gripe aviária em Penang, o primeiro nesse Estado. O ministro da Agricultura, Tan Sri Muhyiddin, disse que o H5N1 tinha sido encontrado em seis frangos mortos no povoado de Permatang Bagak."Este não é um bom sinal", disse o ministro, após visitar o Eco Park da localidade de Bukit Merah Laketown, onde no último dia 15 também foi detectado o vírus. Todos os pássaros exóticos do Eco Park, uma espécie de zoológico, foram sacrificados.As autoridades do país anunciaram na semana passada o reaparecimento do vírus H5N1 no norte. A Malásia estava há vários meses livre da doença que matou 97 pessoas em todo o mundo até agora, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Agencia Estado,

21 de março de 2006 | 03h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.