Confronto em São José dos Campos deixa um ferido

A Polícia Militar iniciou na manhã de hoje a reintegração de posse de um acampamento sem-teto no Pinheirinho, bairro na zona sul de São José dos Campos, interior de São Paulo, para cumprir uma ordem emitida pela juíza Maria Loureiro. Cerca de 9 mil pessoas vivem na comunidade.

AE, Agência Estado

22 de janeiro de 2012 | 14h02

Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região, que atua em defesa dos ocupantes do Pinheirinho, a PM chegou ao local às 6 horas com cerca de 2 mil homens. Conforme informações da PM, os moradores do Pinheirinho resistiram a deixar o local, tentando impedir a entrada dos policiais no acampamento. Em razão da resistência, os policiais usaram munição não letal para dispersar as pessoas.

Um morador da ocupação foi ferido e está internado em estado grave no Hospital Municipal, conforme informações do sindicato. A PM diz que o homem foi ferido pela Guarda Civil Metropolitana ao tentar entrar no Centro Poliesportivo da cidade, que estaria sendo utilizado para guardar os pertences dos moradores do acampamento.

Ainda de acordo com a PM, até as 8h17 deste domingo duas pessoas tinham sido detidas, embora a imprensa local afirme que há pelo menos 10 pessoas detidas.

Suspensão - A Justiça Federal determinou, por meio de uma ordem judicial, a suspensão imediata da reintegração de posse no Pinheirinho. A ordem foi emitida pelo juiz plantonista Samuel de Castro Barbosa Melo. A PM garantiu não conhecer a ordem do juiz. (As informações são do estadão.com)

Tudo o que sabemos sobre:
confrontoPMsem-teto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.