Confronto no Egito deixa pelo menos 49 mortos

O número de mortos nos confrontos durante protestos no Egito, no sábado, subiu para 49, afirmou o site estatal de notícias Al-Ahram, citando um representante do Ministério da Saúde do país neste domingo.

Reuters

26 de janeiro de 2014 | 09h31

Os choques ocorreram no terceiro aniversário do levante popular que derrubou o autocrata Hosni Mubarak do poder. Forças de segurança entraram em confronto com opositores do governo apoiado pelo exército que substituiu o presidente islamita Mohamed Mursi, em julho.

Mais conteúdo sobre:
ProtestosPrimavera ÁrabeEgito

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.