Confrontos entre Al-Qaeda e EI matam 22 pessoas

Segundo autoridades, entre os mortos estão 17 militantes da Al-Qaeda, três soldados do governo do Iêmen e dois civis

O Estado de S.Paulo

13 Março 2016 | 12h05

Confrontos entre militantes afiliados da Al-Qaeda e do Estado Islâmico no Iêmen deixaram 22 pessoas mortas na cidade portuária de Áden, afirmaram autoridades se segurança do país.

Segundo as autoridades, entre os mortos estão 17 militantes da Al-Qaeda, três soldados do governo e dois civis.

Os confrontos eclodiram no sábado, quando as forças do governo tentaram retomar áreas mantidas por filiais locais da Al-Qaeda, fazendo com que diversos civis fugissem de suas casas.

Ambos os grupos extremistas têm explorado o caos da guerra civil há quase dois anos no Iêmen para expandir o território sob seu controle no sul e leste do país.Fonte: Associated Press

Mais conteúdo sobre:
Al-Qaeda Associated Press

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.