Congonhas e Cumbica operam por instrumentos

Os aeroportos de Congonhas, na zona sul da capital paulista, e Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo, operavam por instrumentos no início da manhã de hoje. Segundo informações da Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), a causa era a forte neblina que atingia as regiões. O aeroporto de Congonhas operava por instrumentos desde a sua abertura, às 6 horas, e continuava com a mesma situação às 8h30, segundo a Infraero.Em Cumbica, o auxílio de instrumentos foi usado entre o período das 6h às 8 horas, de acordo com a Infraero, quando a neblina começou a se dissipar. Dos 31 vôos programados em Guarulhos até 8 horas, quatro sofreram atrasos e dois foram cancelados. Em Congonhas, dos 37 vôos programados, apenas um foi cancelado e não havia decolagens atrasadas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.