Congresso deve votar proposta até junho, diz Temer

O presidente da República em exercício, Michel Temer, disse ontem a produtores reunidos em Londrina para a 51ª Exposição Agropecuária e Industrial que o governo fará tudo para que o projeto de reforma do Código Florestal seja votado pelo Congresso Nacional até 11 de junho, quando entraria em vigor decreto punindo com multa produtores que não respeitassem as diretrizes do código atual. "Eventuais resistências poderão ser superadas por aquilo que o Congresso costuma fazer, quando não há consenso em um ou dois pontos", disse. Segundo Temer, a princípio, o governo não deve apresentar emendas ao projeto sobre o qual houve consenso, mas que isso deve ser analisado nas próximas duas semanas. Entre os pontos que ainda devem gerar discussão está o da metragem para as matas ciliares.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.