Congresso prorroga MP que desonera transporte coletivo

O Congresso Nacional prorrogou nesta terça-feira, 23, por sessenta dias, a vigência de duas medidas provisórias, MP 616 e MP 617. A primeira "abre crédito extraordinário, em favor de Operações Oficiais de Crédito, no valor de R$ 2,9 bilhões no âmbito do Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies). Já a MP 617 "reduz a zero as alíquotas de PIS/Pasep e Cofins incidentes sobre a receita decorrente da prestação de serviços de transporte coletivo de passageiros. As duas prorrogações estão publicadas no Diário Oficial da União desta terça-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.