Conselho Indígena diz que governo de RR é contra índios

O coordenador do Conselho Indígena de Roraima (CIR), Dionito José de Souza, reagiu hoje em São Paulo às declarações do governador de Roraima, José de Anchieta Júnior, dadas em palestra para militares no Clube da Aeronáutica, no Rio. "O governo de Roraima é anti-indígena porque considera os próprios índios brasileiros como estrangeiros, o que ele diz são inverdades para criar fatos e manipular a sociedade."Souza acrescentou que sobre da verba da Fundação Nacional da Saúde (Funasa) de R$ 14 milhões repassada ao CIR, o conselho emprega, através da Funasa, 450 funcionários "com salário normal para agentes de saúde". "Tudo é legal, temos prestações de contas, o Tribunal de Contas da União (TCU) nos fiscaliza e se houvesse alguma irregularidade não teríamos esse repasse que temos desde 1996".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.