Consórcio eleva investimentos em aeroporto de Brasília a R$750 mi

O consórcio Inframérica, responsável pela concessão do aeroporto de Brasília, informou nesta quinta-feira que elevou de 650 milhões para 750 milhões de reais a previsão de investimentos a serem realizados até a Copa do Mundo de 2014.

Reuters

11 de outubro de 2012 | 09h47

O consórcio, formado pela brasileira Infravix --do grupo Engevix-- e pela argentina Corporación América, planeja reformar os terminais 1 e 2 do aeroporto até o mundial e construir um novo terminal com 15 posições de embarque.

Com isso, segundo comunicado do consórcio, as pontes de acesso aos aviões, aumentarão de 13 para 28.

Já o estacionamento do aeroporto terá a capacidade dobrada, chegando a 3 mil vagas.

Segundo o consórcio, o aumento dos investimentos até a Copa deve-se à antecipação das obras.

Os detalhes sobre o projeto, cujas obras já foram iniciadas, serão apresentados em coletiva de imprensa nesta quinta-feira.

(Por Leonardo Goy)

Tudo o que sabemos sobre:
AEREASBRASILIAINVESTIMENTOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.