Consumo de câmeras digitais cresce 15% em 2007

Ritmo de crescimento do mercado de fotos digitais é duas vezes maior que as previsões

Reuters

15 Agosto 2007 | 15h54

O apetite dos consumidores por câmeras digitais tem crescido a um ritmo duas vezes mais rápido que o esperado, puxado por troca de modelos antigos por novos mais baratos, informou a empresa de pesquisas IDC. Além disso, muitos usuários estão atualizando seus equipamentos por modelos mais poderosos, informou a companhia no relatório "Updated Worldwide Digital Camera Forecast".   Veja também:  As câmeras digitais da próxima geração  Teste compara nove câmeras digitais básicas   Os embarques mundiais de câmeras digitais devem crescer 15% este ano, segundo a IDC, o dobro da previsão anterior de 7,5%. O dado reverte tendência de crescimento menor verificada ao longo dos últimos quatro anos.   O analista do IDC Chris Chute disse que as câmeras digitais estão se tornando uma espécie de produto da moda, uma tendência tornada popular por pequenos celulares e pelo player de mídia digital da Apple, iPod.   De maneira semelhante, a câmera digital tornou-se um item pessoal, de preço baixo nos países desenvolvidos, cujas vendas estão sendo feitas mais por impulso, especialmente nos Estados Unidos, Japão e Europa, disse Chute.   "Este ano foi o primeiro em que tivemos muitas câmeras coloridas com preço abaixo dos 200 dólares", disse Chute, citando tendência da indústria em dar mais opções aos consumidores que a oferta de aparelhos apenas nas cores preta ou prata. "Eu creio que isso está encontrando resposta nos consumidores."   Ao mesmo tempo, o relatório mostra que a média de câmeras em cada residência se manteve estável em relação a 2006, em 1,4. Segundo a IDC, isso indica que os consumidores estão substituindo suas máquinas a um ritmo mais rápido que o esperado.   Chute também citou que as câmeras com lentes intercambiáveis (SLR), preferidas pelos profissionais e por fãs de fotografia estão puxando mais o mercado total do que o estimado anteriormente por causa de queda de preços.   Os preços médios de todos os modelos de câmeras digitais, variando das mais básicas aos modelos SLR, devem recuar cerca de 13% este ano, de US$ 352 em 2006 para US$ 307 em 2007.   A IDC ampliou sua previsão de crescimento do mercado até 2011, com vendas totais estimadas agora em 138 milhões de unidades, alta em relação à expectativa anterior de 123 milhões de unidades. Os preços devem recuar para cerca de US$ 250 em média, disse Chute.

Mais conteúdo sobre:
Fotografia digital Câmera

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.