Consumo de remédios pode subir 12% em 2013, prevê Ibope

O comércio de medicamentos pode movimentar R$ 70 bilhões este ano, 12% a mais do que em 2012. Os dados são da pesquisa de demanda Pyxis Consumo, do Ibope Inteligência. O instituto projeta que o gasto de cada brasileiro com remédios no ano pode alcançar em média R$ 430,92.

DAYANNE SOUSA, Agência Estado

04 Abril 2013 | 12h44

De acordo com o estudo, a classe C pode responder por quase metade do consumo no País, com potencial de R$ 32 bilhões, 45% do total esperado para 2013. Já a classe B deve gastar R$ 24 bilhões neste ano, enquanto o estimado para as classes D e E é R$ 8,6 bilhões. A estimativa para a classe A é de R$ 6,6 bilhões.

Na análise por região, o estudo aponta que o Sudeste é onde o consumo deverá ser maior - R$ 37 bilhões ou 52% do total. As regiões Sul, com R$ 12 bilhões (16%), e Nordeste, com R$ 13 bilhões (18%), vêm em seguida. Apesar do maior volume no Sudeste, o Sul apresenta o maior consumo por habitante, de R$ 494,71, enquanto no Sudeste o valor é de R$ 483,09, e no Centro-Oeste, de 441,89.

Mais conteúdo sobre:
remédios consumo pesquisa

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.