Contaminação atingiu peixes e plâncton

Três meses após o acidente nuclear em Fukushima, elementos radioativos foram encontrados na água do mar, no zooplâncton e em peixes na costa japonesa. Os dados estão em estudo divulgado ontem pela revista PNAS.

O Estado de S.Paulo

03 Abril 2012 | 03h04

Pesquisadores do Instituto Oceanográfico Woods Hole, nos EUA, detectaram a contaminação em organismos que vivem tanto na superfície quanto em águas mais profundas em uma faixa entre 30 km e 600 km da costa. Sal e água fresca usados para resfriar a usina podem ter facilitado a liberação da contaminação ao oceano. / GIOVANA GIRARDI e NYT

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.