Contra dengue, Araraquara-SP pode invadir casa fechada

A Prefeitura de Araraquara, no interior de São Paulo, entregou ontem à Justiça uma lista de 119 casas fechadas, às quais os agentes da Vigilância Epidemiológica não conseguem acesso para combater o mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue. O objetivo da ação é reforçar o amparo legal para invasão desses imóveis, caso os proprietários não sejam localizados.De acordo com a prefeitura, agentes da vigilância, autorizados pelo prefeito Edinho Silva, foram obrigados a arrombar o portão de duas casas no Parque Gramado I e Jardim Brasil, na última Sexta-feira. Nos dois imóveis foram encontradas piscinas com água parada havia dias, ambas com muitas larvas do mosquito da dengue. Como forma de incentivar o combate à dengue, a prefeitura também vai entregar hoje oito TVs sorteadas na Campanha Araraquara Contra a Dengue. O próximo sorteio será amanhã e premiará duas residências. Para receber o prêmio, a casa do sorteado, assim como as dos três vizinhos da direita e da esquerda, deve estar livre dos criadouros da dengue. A cidade de Araraquara registrou 726 casos de dengue, dos quais quatro importados. Desse total, 180 casos estão pendentes, aguardando resultado de exame.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agencia Estado

24 de abril de 2008 | 10h52

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.