Contraproposta da Sabesp evita greve de trabalhadores

Prevista para acontecer nesta quinta-feira, a greve dos trabalhadores da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) foi evitada, segundo a empresa, por uma contraproposta de reajuste salarial. Em reunião realizada no Ministério Público do Trabalho, a Sabesp propôs reajuste salarial de 4,15% e aumento real de 1,93%, totalizando 6,17%. Além disso, a empresa se comprometeu com vale-refeição no valor de R$ 22, reajuste de 8% para cesta básica, gratificação de férias e auxílio-creche.

GHEISA LESSA, Agência Estado

24 Maio 2012 | 16h29

Os trabalhadores dos sindicatos acataram a oferta durante assembleia realizada no fim da tarde de quarta-feira, e decidiram não realizar a greve. A proposta da Sabesp também engloba a implantação do Plano de Cargos e Salários até novembro de 2012.

Mais conteúdo sobre:
Sabesp greve

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.