Cor da poluição influencia o clima da Terra

Cientistas da Nasa determinaram que a formação de nuvens é afetada pela claridade - ou escuridão - das partículas que compõem a poluição do ar. Esse fator tem impacto no clima da Terra. Em estudo publicado na edição online da revista Science, os pesquisadores explicam como os aerossóis, minúsculas partículas suspensas na atmosfera, às vezes auxiliam e às vezes impedem a formação de nuvens. As nuvens não apenas transportam água de uma parte a outra do planeta, elas também ajudam a controlar quanto do calor do Sol será absorvido pela Terra e quanto será refletido de volta ao espaço. A chave é a capacidade da poluição de reter energia."Quando a mistura dos aerossóis na poluição absorve mais luz solar, ela funciona melhor evitando a formação de nuvens. Quando os aerossóis poluentes têm cor mais clara e absorvem menos energia, têm o efeito oposto e realmente ajudam na formação de nuvens", diz Lorraine Remer, do Centro Goddard de Vôo Espacial da Nasa. Remer trabalhou com o principal autor do estudo, o falecido Yoram Kaufman, em várias pesquisas sobre o efeito dos aerossóis.Com essa nova compreensão, cientistas que trabalham para prever como o clima da Terra deverá mudar serão capazes de dar um passo adiante. O efeito da cobertura de nuvens do planeta sempre foi um problema para os cientistas, já que a conformação dessa cobertura muda constantemente. A forma como as nuvens reagem aos gases do efeito estufa e à poluição é um fator que precisa ser considerado nos modelos sobre o futuro do clima.Usando a nova teoria sobre os efeitos do aerossol nas nuvens, Kaufman e o co-autor Ilan Koren estimaram que poderá haver um aumento de até 5% na cobertura global de nuvens. Em áreas poluídas, essa alteração nas nuvens poderia modificar a disponibilidade de água doce e as temperaturas locais.

Agencia Estado,

13 de julho de 2006 | 17h39

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.