Coreana é executada dentro do carro no centro de SP

A comerciante coreana Jung Ae Voo foi morta no final da noite de ontem com um tiro na nuca, quando trafegava com seu carro no bairro do Bom Retiro, região central de São Paulo. Segundo testemunhas, um outro veículo se aproximou e um dos dois ocupantes, com arma em punho, desceu, disparou um tiro para cima e depois contra a vítima, que morreu a caminho do pronto-socorro da Santa Casa de Misericórdia. Apenas a perícia poderá informar que tipo de arma foi utilizada no crime. A dupla, ainda não identificada, está foragida. Aparentemente, de acordo com a polícia, o assassinato não possui características de uma tentativa de assalto, e nada foi levado da comerciante, de 54 anos. O caso foi registrado no 2º Distrito Policial (DP), do Bom Retiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.