Coreia do Norte ameaça EUA com ataque nuclear preventivo

A Coreia do Norte ameaçou os Estados Unidos, nesta quinta-feira, com um ataque nuclear preventivo, elevando o nível da retórica belicosa num momento em que o Conselho de Segurança da ONU considera novas sanções contra o país.

JACK KIM, Reuters

07 de março de 2013 | 07h20

A Coreia do Norte acusou os Estados Unidos de usarem exercícios militares na Coreia do Sul como uma plataforma de lançamento para uma guerra nuclear, e disse que vai acabar com o armistício assinado com Washington que encerrou a guerra de 1950-53 entre as duas Coreias.

"Uma vez que os Estados Unidos estão prestes a acender uma guerra nuclear, estaremos exercendo nosso direito de ataque nuclear preventivo contra a sede do agressor a fim de proteger o nosso interesse supremo", disse um porta-voz da chancelaria do Norte em comunicado divulgado pela agência oficial de notícias KCNA.

A Coreia do Norte realizou um terceiro teste nuclear em 12 de fevereiro, em desafio a resoluções da ONU, e declarou que tinha conseguido o progresso na obtenção de um arsenal atômico funcionando. Acredita-se amplamente que o Norte não tem a capacidade de realizar um ataque nuclear contra o território dos Estados Unidos.

Tudo o que sabemos sobre:
COREIANEUAPREVENTIVO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.