Coreia do Norte pode iniciar reunião para empossar novo líder na quarta

Membros do Partido Comunista já estariam em Pyongyang para decidir sucessor de Kim Jong-il

REUTERS

13 de setembro de 2010 | 22h08

O partido governista da Coreia do Norte poderá dar início a uma rara conferência convocada para escolher uma nova liderança, disse o jornal japonês Yomiuri, citando uma fonte próxima ao assunto.

 

Veja também:

linkEUA pedem à Coreia do Norte compromisso com desarmamento nuclear

Representantes de diferentes áreas do país se reuniram em Pyongyang a partir da segunda-feira, e o atraso para o início da conferência pode ter sido por causa das inundações em agosto, disse a fonte, segundo o jornal.

A fonte negou notícias de que o partido governista havia adiado a conferência devido à piora da saúde do líder Kim Jong-il, de 68 anos, que teria piorado após uma viagem de cinco dias do ditador à China no mês passado.

A conferência do Partido dos Trabalhadores, que reunirá a elite do Estado pela primeira vez em 30 anos, foi convocada para escolher uma nova liderança e provavelmente um herdeiro --o filho mais novo de Kim, Kim Jong-un-- para a dinastia, já que sua saúde se deteriora.

O encontro está previsto para começar a qualquer momento entre 1 e 15 de setembro.

 

A última conferência do tipo marcou o anúncio de Kim Jong-il como o novo líder norte-coreano e substituto seu pai, Kim Il-sung, fundador da Coreia do Norte. Ele, porém, só foi empossado com a morte do pai, em 1994.

Tudo o que sabemos sobre:
COREIANREUNIAORARA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.