Correção: Deputado quer novo modelo de fiscalização

A nota enviada anteriormente contém um erro no título. O deputado Moacir Micheletto (PMDB-PR) defende um novo modelo de fiscalização para produtos de origem animal e vegetal, não apenas para o leite. O texto está correto e segue novamente:O deputado Moacir Micheletto (PMDB-PR) defendeu hoje a adoção de um novo modelo de fiscalização para os produtos de origem animal e vegetal. A proposta do parlamentar é que os fiscais federais passem a exercer a função de auditores e que as empresas sejam obrigadas a manter em sua estrutura fiscais agropecuários, cuja função seria de fiscalizar, inspecionar e ser os responsáveis pela comercialização de produtos de origem destinados ao consumo humano e animal. "Como o Ministério da Agricultura não dispõe de uma eficiente estrutura para exercer uma rigorosa e constante fiscalização em todos os pontos de venda do País, fica provado que o sistema atual não funciona não só para o leite como também para os demais produtos do agronegócio", afirmou. A sugestão do deputado é que o Ministério da Agricultura fique com a supervisão técnica dessas atividades, pois, segundo ele, o atual modelo - com fiscais fixos nas fábricas - já se mostrou inadequado e que não deu certo diante das exigências do consumidor interno e externo.

FABÍOLA SALVADOR, Agencia Estado

29 de outubro de 2007 | 17h24

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.