Correção: Ladrões de gado são presos em SP

São Paulo - A nota enviada anteriormente contém dois erros. Dois comerciantes, donos de mercado na cidade de Mauá, no Grande ABC, faziam parte do bando, e não dois comerciantes, donos de mercado na cidade de Santo André, no Grande ABC, faziam parte do bando. Com o roubo dos gados, a intenção dos ladrões era vender parte da carne no estabelecimento em Mauá, e não com o roubo dos gados, a intenção dos ladrões era vender parte da carne no estabelecimento em Santo André. Segue o texto corrigido: Uma quadrilha foi presa em flagrante, na noite de ontem, quando tentava roubar gados em um sítio no bairro Sitio da Garças, em Santana do Parnaíba, região oeste da Grande São Paulo. Dois comerciantes, donos de mercado na cidade de Mauá, no Grande ABC, faziam parte do bando, segundo a Guarda Municipal.Armados com um revólver calibre 38 e utilizando dois caminhões, cinco integrantes do grupo invadiram o sítio e renderam um casal e quatro crianças. Com o roubo dos gados, a intenção dos ladrões era vender parte da carne no estabelecimento em Mauá. Vizinhos do sítio desconfiaram da movimentação e acionaram a Guarda Municipal.No momento em que os guardas chegaram ao sítio, Bruno, filho do proprietário do mercado do Grande ABC, mantinha as vítimas reféns sob a mira do revólver. Além de Bruno, um dos dois motoristas dos caminhões também foi preso. Os outros três assaltantes fugiram.

RICARDO VALOTA, Agencia Estado

24 de abril de 2008 | 06h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.