Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Correção: Nadal bate tenista local e avança na Austrália

A nota enviada anteriormente continha um erro no título. Segue a versão corrigida:

AE, Agência Estado

22 de janeiro de 2011 | 14h00

O espanhol Rafael Nadal tomou um susto no segundo set, mas venceu o tenista australiano Bernard Tomic e avançou às oitavas de final do Aberto da Austrália. O número 1 do mundo bateu o rival por 3 a 0, com parciais de 6/2, 7/5 e 6/3, em 2 horas e 30 minutos de jogo, disputado na manhã deste sábado (pelo horário de Brasília), em Melbourne.

Depois de uma primeira parcial arrasadora, Nadal enfrentou sérios apuros no segundo set, em que chegou a estar perdendo por 4 a 0. A festa dos torcedores australianos, porém, durou pouco. O líder do ranking da ATP concentrou-se, diminuiu o número de erros, virou para 7/5 e não perdeu mais a dianteira.

O próximo adversário de Nadal será o croata Marin Cilic, semifinalista de 2010, que precisou enfrentar uma maratona de 4 horas e 32 minutos para passar pelo norte-americano John Isner por 3 sets a 2, com parciais de 4/6, 6/2, 6/7 (5/7), 7/6 (7/2) e 9/7. Isner, aliás, é um especialista em confrontos acirrados - junto com o francês Nicolas Mahut, ele protagonizou o jogo mais longo da história do tênis, com 11 horas e 5 minutos, na edição do ano passado de Wimbledon.

Número 5 do mundo, Andy Murray segue impressionando. Neste sábado, ele arrasou o espanhol Guillermo Garcia-Lopez com 6/1, 6/1 e 6/2, em apenas 1 hora e 22 minutos de jogo. O britânico, que perdeu nenhum set em seis jogos disputados na temporada, agora terá pela frente o austríaco Jurgen Melzen, que vencia o cipriota Marcos Baghdatis por 2 a 1, com parciais de 6/7 (5/7), 6/2, 6/1 e 4/3, quando o rival abandonou o jogo devido a uma lesão na virilha. É a mesma contusão que já o havia impedido de defender seu título de 2010 no Torneio de Sydney.

Quarto colocado do ranking, o sueco Robin Soderling também avançou com facilidade - bateu o checo Jan Hernych, algoz do brasileiro Thomaz Bellucci, por 6/3, 6/1 e 6/4. Seu próximo rival será o ucraniano Alexandr Dolgopolov, que surpreendeu o francês Jo-Wilfried Tsonga, cabeça de chave número 13, em cinco sets: 3/6, 6/3, 3/6, 6/1 e 6/1.

O primeiro Top 10 a despedir-se de Melbourne foi o russo Mikhail Youzhny, que caiu diante do canadense Milos Raonic por 3 a 1, com parciais de 6/4, 7/5, 4/6 e 6/4. O número 152 do mundo vai encarar nas oitavas de final o espanhol David Ferrer, sétimo da lista da ATP, que atropelou o lituano Richard Berankis por 6/2, 6/2 e 6/1.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.