CORREÇÃO (OFICIAL)-Acidente paralisa embarque de minério de ferro da Anglo no Amapá

O embarque de minério de ferro da Anglo American pelo porto de Santana, no Amapá, está suspenso devido ao desmoronamento de parte de um terreno conectado a um píer flutuante, informou a mineradora neste sábado.

(CORRIGE, NO 5O, Reuters

31 de março de 2013 | 18h22

Não há previsão para a retomada das atividades no porto, suspensas desde quinta-feira, quando ocorreu o acidente que deixou três mortos e três desaparecidos.

"É com grande pesar que a Anglo American - Sistema Amapá informa que, no início da manhã deste sábado... três corpos foram recuperados do acidente no Porto de Santana-AP. A busca pelos outros três desaparecidos continuará de maneira intensiva", disse a mineradora em nota.

A Anglo American informou também, por meio de sua assessoria de imprensa, que a produção de minério de ferro no Sistema Amapá não foi paralisada em função do acidente no porto. Não havia informações imediatamente disponíveis sobre eventual alternativa para o escoamento da produção.

No ano passado, a produção no Sistema Amapá somou 6,1 milhões de toneladas.

A mina de minério de ferro do Sistema Amapá está localizada em Pedra Branca do Amapari, a cerca de 200 km de Santana.

As causas do desmoronamento estão sendo investigadas.

"Outras áreas na região de Santana também foram afetadas. Um navio estava atracado no cais para o carregamento de minério de ferro no momento da inundação e foi atingido pelas águas da enchente. Veículos e equipamentos em operação também foram dragados para dentro do rio", disse a empresa.

Entre as vítimas, três são funcionários da Anglo e três são terceirizados. Dois outros empregados ficaram feridos no acidente.

(Por Roberto Samora; Edição Fabíola Gomes)

Tudo o que sabemos sobre:
MINERACAOANGLOPORTOCORRECAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.